Etiquetas

, , ,

O amor é obra perpétua…
Corpo inacabado,
tal como o Homem,
em constante mutação.

António Patrício

César Caldeira

aguarela / César Caldeira (Portugal)