Etiquetas

, , ,

Falar em silêncio,
aos teus ouvidos sorrir
coisas banais.
Partir a cada chegada;
Das horas não perceber
os minutos e esquecer os segundos,
como se o tempo fosse um cansaço
abstracto.

Nascer e assim ir morrendo
nos teus braços;
Dias eternos.

António Patrício Pereira

Falar em silêncio

fotografia / Marius Filipoiu (Roménia)

Anúncios