Etiquetas

, , , , ,

Abre o teu coração
e debruça-te sobre o rio de águas mansas
que te alimenta o ser…
Toca-lhe com a ponta dos dedos
e espalha,
ao de leve,
o lume que te dá vida.

Preserva o centro do teu mundo
e deixa o vento escrever,
nas renascidas estações,
os teus dias.

António Patrício Pereira

fotografia / Elena Sarinena (Espanha)

Anúncios