Etiquetas

, , , , , ,

O dia não se vestiu de azul
hoje.
Chegou de luto pesado;
soturno,
sem cores
que apodrecidas ao vento
morreram ausentes…
Só a agonia lhe veste bem as horas.
No seu regaço,
feito de tempo diluído,
um pássaro perdido
fende as margens da tristeza
numa urgência de vida.

António Patrício

934104_957662714270833_9057849136246137834_n

fotografia / Teresa Almeida Rocha (Portugal)