Etiquetas

, , , , ,

A palavra em palavras conseguida
não se escreve de uma vez, nem se escreve completa.
Antes de à luz ser concreta vagueia pela sombra
em recantos esquecidos do olhar,
incendeia o verbo,
trauteia a frase no sangue dos vivos.
E quando se estende inteira no branco espaço
da página virgem em movimentos de silêncio
ondulado ganha,
então,
ser e significado no coração dos que olhando
vêem a linha curva que une os pensamentos.

António Patrício

3401438