Etiquetas

, , , ,

Correr todas as esquinas do relógio,
todos os momentos do mundo
Correr espaços vazios povoados
de tantas solidões
Correr!
Correr marés de sal, ventos de areia,
fustigar as veias…
e morrer no teu corpo.

António Patrício

11391551_1020430680486265youi6_5812708966343828218_n