Etiquetas

, , , ,

Entre uma palavra e outra
interrompe-se o tempo,
suspende-se a vida, o poema.
Morre um gesto , logo nasce outro
até ao fim do verbo.

António Patrício

Akos9

fotografia / Akos Major (Hungria)