Etiquetas

, , , , ,

És, de súbito, pássaro de asa aberta…
livre voo,
desferida flecha neste coração perdido
no teu esvoaçar;
Faltam palavras para este poema,
todas são poucas no teu voar.

António Patrício

8194709

fotografia / Masao Yamamoto (Japão)