Etiquetas

, , , , , , ,

Questiono-me para além do corpo
que me veste os dias…
Quantas vidas trago neste tempo de abandonos?
Se desta carne nasce dor,
se neste sangue nasce sede…
Resta-me este poema deserto
sobre a pele mordida pelas horas,
aguçados dentes que nos rasgam a alma
e a lucidez.

António Patrício

enquiries in to the nature of futility

fotografia / Mark Sadlier (Nova Zelândia)