Etiquetas

, , , , , ,

As palavras existem porque tu existes;
Tu dizes mar; Sonho distâncias a navegar;
Tu dizes Sol; Escrevo… Primavera no teu olhar!
Tu dizes amar; Respondo: Prodígio para me libertar.

As palavras existem na ponta dos teus dedos,
bando de letras;
Com elas vou conjugando verbos
de um querer adiado entre dois parênteses.

António Patrício

tangibilizar