Etiquetas

, , , , ,

Era capaz de jurar!
Hoje o mar,
que trazes no peito,
deixou-se ficar em vagares tardios,
derramando o Sol na areia clara…

Contemplação cor de vento
nos horizontes largos do meu amar.

António Patrício

azul vermelho