Etiquetas

, , , , ,

Só quem nunca
se abandonou aos abismos
sem fundo do amor
conhece o infortúnio
de carregar um corpo
que, vivendo, está morto.

António Patrício

Abismos do infortúnio (bloco de apontamentos XXIV)

fotografia de Masao Yamamoto (Japão)