Etiquetas

, , , , ,

Nesta casa sem nome
onde o tempo reinventa os homens
vou dando tamanho a este pano cru;
Linho com que cobrirei o meu corpo frio, nu.

António Patrício

Mortalha