Etiquetas

, ,

Vou dando tempos
ao tempo.
Tempos clandestinos
arrancados
à difícil arte de olhar.

António Patrício

Uma questão de tempo