Etiquetas

, , , , ,

Evito o ritmo frenético da desumana cidade;
refugio-me no bater do teu coração;
Calmaria neste mar de escolhos
em que os dias são singulares tormentos
quando estou longe de ti.

António Patrício

Calmaria (notas de rodapé XV)