Etiquetas

, , ,

Onde me perco
em inconfessável querer,
é na linha vadia do teu corpo.

O resto? Não tem nexo!

António Patrício

Não tem nexo (poema de algibeira XXXV)