Etiquetas

, , , , , ,

Se um dia as imagens se ausentarem
das fotografias tiradas em momentos de alegria,
não lamentes…
O mundo continua aqui, imutável realidade
mesmo que os corpos sejam agora pó dos tempos.
Guarda brisas no teu coração…
Na alma guarda as perpétuas rosas vermelhas,
que trocamos em vida dos dias;
não lhes retires os espinhos, fazem parte
da saudade dos momentos.
Abre janelas no teu peito e deixa a luz
renascer a cada manhã,
clara hora de abraçadas inocências.
Não te abandones às lágrimas salgadas,
lembra-te que és viagem por acabar
mesmo que esteja eu longe dos teus olhos…
Comunicaremos na beleza lúcida das ruas,
em cada rasto de esperança adivinhado.

António Patrício