Etiquetas

, , , ,

Esse instante,
essa migalha de tempo que em mim retenho
Só tu meu amor a sabes.
Guardo-a na gaveta das memórias sentidas,
para os momentos agrestes
em que traiçoeira dúvida me assombra
os vulgares dias.

Amo-te, queria eu ter palavras…
Como as queria ter!

António Patrício