Etiquetas

, , , , ,

De repente o mundo partiu
sem deixar morada…
Destroçados
ficaram os enamorados dias.
Desabaram os minutos,
pelas esquinas,
dos segundos ninguém sabe…
As horas,
há quem por certeza afirme,
finaram-se de desgosto consentido.
Já os meses e os anos.
barrigudos compadres,
num encolher de ombros enfastiado
fizeram um pacto com
a Lua e o Sol…

Dizem, as más línguas,
que criaram uma sociedade anónima
para comerciar um novo tempo.
Horas de trinta minutos,
minutos sem segundos.
Dos segundos não fazem venda,
(o baixo lucro não vale a pena…)
e estão bem na vida!

António Patrício

Movimento de translação, S.A.

fotografia de Rodney Smith (EUA)