Etiquetas

, , , ,

À beira do precipício
à beira do fim
ao longo da tormenta
neste cárcere sentido
o tempo, lento, devora este corpo magro

Além de a negar
nesta fraca voz que de mim brota
nada conheço da morte…
dela, porém, se alimenta
esta minha essência.

António Patrício Pereira

Anúncios